quinta-feira, 29 de abril de 2010

Flor de amor



Perdido em meio a escuridão
Fui em busca da luz guia
Em passos lentos a seguia
até ao paraíso chegar

Agora que vejo o sol
e tudo se clareia
descobri que o amor esta na veia
que nem a vida está para viver

Percebi que o amor
vem de toda forma
e aos poucos se torna
lindo, como pétalas de flor, iguais a você.

[Mário Pires]

Um comentário:

Jaquelyne A. Costa disse...

Mário! Que linda música!
Seus poemas têm musicalidade o bastante pra fazer com que a gente retorne por aqui mais e mais vezes, sedentos, afobados pra cantar/ler mais!