terça-feira, 29 de abril de 2008

A montanha ou o atalho?

Amigos, gostaria de agradecer a todos pelos
comentários e demonstrações de carinho
direcionados ao meu respeito.
Imensamente feliz, pela visita de vocês
coloco abaixo um texto diferente, e
que ocasionalmente, pode estar
falando a um de vocês.
Obrigado e um grande abraço.

Mário Pires.




Me acalanto
a seguir meus passos,
olhando para trás
e vendo as pedras que saltei.
O mais interessante
é que olhando pra frente
percebo uma montanha imensa,
repleta de árvores, surpresas e perigos.
Teria de a enfrentar?
Por que sei
que existe um atalho,
que pode me levar a um local,
não àquele que tanto desejo,
e seguindo por ele - o atalho,
poderei evitar mil perigos e surpresas.
Contudo, não chegaria a onde sonho.
Indiscutivelmente,
encontro-me num "par ou ímpar".
Decidir em escalar a montanha
ou andar plano, reto, pelo mesmo
macro-ambiente canceriano.
Viram-me luas e estrelas,
vento, frio... calor.
D'onde tirar respostas?
O tempo, naturalmente,...
... me dirá.

[Mário Pires]

9 comentários:

Alma Imortal disse...

" A montanha ou o atalho ?"

Humm...duvida cruel..
Prefiro a montanha...rs

Belissimo texto, Tio...
Como sempre, né?!
(ñ vale se achar...)rs

Beijos Ternos...


* a (F)lor... *

Anônimo disse...

È muito fácil escolher a montanha.Pois ninguém quer enfrentar as dificuldades da vida.Não sabendo portanto que aí nasce o aprender a viver!!!
Poxa!!!!
Bjim,
Meu irmão

Marta Matos disse...

Mário,kkk
Vc está me surpreendendo. Seus poemas estão cada dia melhores!
Parabéns amigo e beijo na bochecha.

Marta Matos disse...

Vá até meu blog e veja emque posição vc foi linkado, se é que exista essa palavra. risos

Adalberto disse...

Olá meu brother.. Passando aqui pra dar uma olhadela e deixar aquele comentário básico. Lindo texto. Parabéns mais u ma vez.
Aproveito pra te desejar um belo feriado e um ótimo fim de semana.

Imaisa disse...

Montanha ou atalho, ambos dificieis de seguir , pois cada um tem suas surpresas e as vezes não estamos preparados para enfrentá-las. Mas como somos guerreiros e insistentes chegamos ao nosso sonho de qualquer jeito, o importante é seguir sempre o nosso coração.
Muito bom primo, continue sempre nos alegrando com seus escritos.bjs

Marta Matos disse...

Adorei Mário...beijo

Orniliano Ximenes disse...

Show de bola!

Mas, é isso.
O gostoso da vida são as cores das fichas!

:)

Anônimo disse...

Adorei seu texto!!!!!

Sempre temos esse dilema na vida e as vezes preferimos não encará-lo. Me fez refletir um pouco qual eu estava seguindo. Obrigada, Mário!!!

Beijo!!!